quinta-feira, 24 de março de 2011

• Amar é obedecer...

"Se me amais, guardai os meus mandamentos." (João 14:15)

Quando um rapaz começa a gostar de uma moça, ele faz de tudo para descobrir tudo o que ela mais gosta, como a sua cor preferida (aí ele aparece sempre com uma camiseta ou boné daquela cor), os lugares que ela gosta de frequentar e faz de tudo para encontrá-la (propositalmente), etc...
Quando falamos de relação pessoal entre seres humanos é mais ou menos assim que acontece. Existe a paquera, os olhares, a conquista...

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei." (João 14:21)

Quando começamos a AMAR uma pessoa fazemos de tudo para agradá-la e deixá-la feliz, queremos que nossa companhia seja motivo de alegria e satisfação para a pessoa amada.
Quando recém casados, fazemos de tudo para impressionar o(a) companheiro(a)... Um café da manhã na cama, bilhetinhos espalhados em lugares inusitados da casa, passeios nos fins de tarde, etc. Pequenas surpresas que se tornam até inesquecíveis e fazem com que o amor seja conservado ao longo dos anos.

"Quem não me ama não guarda as minhas palavras." (João 14:24)

Quando se trata de relacionamento com a Pessoa do Senhor Jesus é da mesma forma. Ele sempre esteve a nos observar, e tenta nos conquistar diariamente.
Quando, enfim nos unimos ao Senhor Jesus e nos tornamos um só, definitivamente passamos a fazer companhia para Ele, e Ele para nós... Afinal de contas, somos apenas Um! Assim que nos casamos com Ele fazemos sempre tudo direitinho, com amor, dedicação, atenção, com uma alegria que só falta explodir em nosso peito! Fazemos de tudo para agradá-Lo: andamos em espírito, sempre orando pelo próximo, orientando as pessoas a viverem pela fé, fazendo propósitos e tudo o que for possível para estarmos de acordo com Sua vontade, queremos morar na igreja, oramos 23 horas por dia, jejuamos quase 24 horas por dia, alugamos ônibus para levar as pessoas á igreja, queremos evangelizar o dia inteiro, etc...
Não existe satisfação maior para Deus do que ter filhos obedientes e tementes á Ele e á Sua Palavra!

A MAIOR PROVA DE AMOR QUE PODEMOS DAR AO NOSSO SENHOR JESUS É GUARDAR SEUS MANDAMENTOS E PRATICÁ-LOS DIARIAMENTE!

É o início de uma relação, é a paixão! Mas, pouco tempo depois, a paixão se transforma em amor; ou seja, não tem mais aquele "desespero" todo em pensar na igreja 24 horas, de jejuar quase 24 horas por dia, aquela ânsia toda, etc... Espero que vocês estejam entendendo o sentido da frase!
E é nessa fusão de paixão para amor que acontecem alguns pequenos probleminhas... O tal esfriamento!
A pessoa decide amar ao Senhor Jesus usando a fé racional, sem aquela "loucura" toda que a paixão causa. Mas o tempo passa e os detalhes ás vezes caem no esquecimento:
• Começamos a não ouvir a voz de Deus como antigamente, e quando ouvimos passamos a não obedecer de imediato como fazíamos.
• Passamos a meditar um pouco menos na Palavra de Deus, ás vezes passamos o dia inteiro nos intertendo com algo e até nos esquecemos de ler a Bíblia. Quando lembramos, já estamos caídos na cama e morrendo de sono, aí pensamos: "Amanhã eu leio!"
• O jejum passa a ser feito apenas de domingo, e olhe lá quando não é feito de 15 em 15 dias, de 20 em 20 dias, uma vez por mês, etc...
• As orações, que antes eram feitas de todo o coração, hoje são feitas de qualquer forma. Muitas pessoas pensam que a quantidade de orações feitas durante o dia é que mede o grau de intensidade do relacionamento com Deus, e não tem nada a ver. De que adianta orar 50 vezes no dia se todas as palavras ditas foram da boca para fora? Melhor orar apenas 3 vezes, mas que seja uma oração que a sua alma clame, que seu coração fale por você, uma oração sincera, tão verdadeira que chegue a tocar no coração do Senhor Jesus!
• A evangelização torna-se obrigação... É triste dizer, mas aqui está acontecendo um probleminha: escala de evangelização! Será que para ganhar almas tem que haver ESCALA? É muito triste, mas se o pastor não fizer escala o povo não evangeliza, e ele já deixou bem claro que obreiro(a) escalado(a) que não vier ficará de banco... E meeeesmo assim existem mais faltas do que presenças! Dá para acreditar? Imagina o Senhor Jesus assistindo uma cena dessas, vendo os "servos" simplesmente abandonando a evangelização...

"Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada." (João 14:23)

Enfim, o esfriamento acontece devagarzinho, mas logo toma posse de todo o nosso coração, o fazendo ser gelado diante de Deus. A sinceridade morre, o clamor sempre é abafado pelo cansaço do dia de trabalho, a preguiça nos envolve e preferimos ficar em casa, etc... É nessa hora que deixamos de guardar os mandamentos do Senhor, vem o esquecimento em relação a Palavra dEle, começa a queda do temor, e consequentemente, a queda daquela pessoa, daquela alma! E infelizmente, nasce então a desobediência, fazendo a pessoa ser um cristão de dura cerviz, que resiste em aceitar as Palavras do Senhor e de guardá-las principalmente. A estes o próprio Senhor Jesus questiona: "Até quando recusareis guardar os meus mandamentos e as minhas leis?" (Êxodo 16:28)

Saiba que guardar as Leis e praticá-las só nos leva a grandiosos benefícios, e em todos os sentidos (Deuteronômio 11:13-25)! Basta escolher e praticar...



Na fé, obr. Tami!

3 comentários:

  1. nossa obr isso é muitooo forte!
    O Espirito Santo faloucomigo atraves deste texto!
    temos que sempre nos vigiar, para não esfriarmos na fé , e principalmente não perdermos o temor, pois .. "O TEMOR é o princípio da sabedoria.."

    ResponderExcluir
  2. olá tami, amei o seu blog e agora tmbm etou seguindo ele. forte mensagem..Que Deus continue te usando..Quando quiiser me visitar é só aparecer viu? b-jinhos!!!

    ResponderExcluir
  3. meu blog
    sinceridadetotal.blogspot.com

    ResponderExcluir