sábado, 28 de novembro de 2009

Duda! ♥


Desde os meus 7 anos de idade sou completamente apaixonada por animais de estimação, principalmente gato e cachorro. Morei durante 4 anos em apartamento, e lá era proibido ter qualquer animal. Há mais ou menos 2 meses eu e minha familia nos mudamos para uma casa grande, com quintal na frente e no fundo...
E qual foi meu primeiro plano? VAMOS TER UM CACHORRINHO!
O sonho da minha vida é comprar um filhote de labrador. Gente, é tudo de bom!
É um cachorro dócil, enérgico, companheiro e liiiiindo demais...

Depois de muita conversa, eu e minha mãe fomos em um evento que tem todos os anos aqui na minha cidade: adoção de filhotes! É fantástico... Cada totozinho lindoooo!!!!
Fomos direto para lá, com o objetivo de levar um filhote para casa.
Ficamos um bom tempo escolhendo... um filhotinho mais fofo que o outro, que vontade de trazer todos! kkkk

Escolhi um filhotinho lindo... Branco cheio de manchinhas marrom! E na fila (para pegar o cachorrinho) minha mãe enxergou bem longe uma cachorrinha pretinha toda triste na baia, sozinha, olhando as pessoas que passavam ao redor dela, com os olhos tristes. Cortou meu coração, porque todos passavam na frente dela e nem sequer mexiam com ela.
E lá foi eu... Cheguei perto da baia, coloquei a mão por dentro da grade, fiz carinho e comecei a conversar com ela! Ela comecou a chorar, chegou a escorrer lágrimas dos olhinhos dela... ENLOUQUECI! Queria ela... Que fofura!
Troquei o pedido. Deixei o filhotinho branco de manchinhas marrom e fiquei com aquela cadelinha triste e chorona.

As moças do evento colocaram um lacinho rosa choque nela e a peguei no colo. Ela não parava de me lamber e abanar o rabinho de tanta felicidade! Quase chorei no meio daquele povão todo segurando ela no colo. Nunca vou esquecer aquele dia, foi muito bacana!
O mais engraçado foi a hora de ir pra casa! Porque eu e minha mãe estávamos de moto. Imagina a cena: minha mãe dirigindo, eu atrás e a Duda dentro de uma muchila no meio de nós duas, só com a cabeça e as patinhas pra fora... kkkkk
Passamos no mercado, compramos a caminha, os potinhos de ração, bolinha e shampoo.

Enfim, chegamos em casa. A Duda foi reconhecer o território! kkkk
Passeou meio receosa, meio desconfiada de tudo e de todos. Mas com o tempo ela foi tomando liberdade econfiança.
Mas vimos que mesmo em uma casa nova, ela estava muito tristinha, quase não comia, não brincava e sempre tinha muita febre. Corpinho pegando fogo e focinho escorrendo.
Minha mãe a levou no veterinário, e ele disse que a Duda estava muito doentinha, estava com a doença do carrapato e com uma virose muito forte chamada Sinomose.

Enfim, a Duda ficou 1 semana internada, gastamos uma nota mas eu tinha certeza que ela ficaria boa logo, e sempre ia vê-la. Ela sempre chorava, tadinha. Tinha medo de ficar sozinha denovo! :(
O dia que o veterinário "deu alta" pra ela, foi uma festa!!!!!!! Fui lá buscá-la.
Foi terrível, ela não parava um minuto. kkkkkk
A alegria estava refletida nos olhinhos brilhantes dela...
Ela não parava quieta na coleira, queria correr, pulava igual um canguru, latia, chorava... Que delicia voltar pra casa! :)

E hoje a Duda está cheia de saúde... É uma verdadeira sapeca, terrivelmente animada!
Pega as roupas do varal, brinca com os brinquedos dela, rasga a prória cama, é manhosa, gosta de deitar junto comigo no chão da sala...
É o bebê da casa, com certeza!

Acho que se eu não tivesse trazido ela comigo no dia da feira de adoção, ela morreria! Estava muito doente já. Mas Deus mostrou ela pra minha mãe e tocou demais no meu coração pra trazê-la com nós. Que bom!!!!! :)

Essa é a história da Dudinha, uma cachorrinha de 7 meses, sem raça definida, mas com muita vontade de viver e de agradar a todos aqui de casa! Por isso que nós a amamos demais! ♥

2 comentários:

  1. liiiiinda, parece com a minha Kika :)

    ResponderExcluir
  2. Tami, nossas cachorrinhas devem ter algum parentesco.
    A minha tbm se chama Duda e tbm teve cinomose. Graças a Deus, hoje ela está bem.
    Peguei ela em dezembro de 2008, devia ter uns 3 meses.
    Dá uma olhada lá no blog, no fim das postagens tem uma foto dela. Ela é muito parecida com a sua Dudinha, tem até o mesmo olhar triste.
    http://cantinhocarolina.blogspot.com/
    Bjos

    ResponderExcluir