segunda-feira, 30 de novembro de 2009

História de Motivação VI

O fazendeiro e o carpinteiro!
Um fazendeiro muito gentil resolveu contratar um carpinteiro para ajudar nas tarefas de sua fazenda.
O primeiro dia do carpinteiro foi bem difícil: o pneu da seu carro furou, a serra elétrica quebrou, cortou o dedo e ao final do dia o seu carro não funcionou.
O homem que contratou o carpinteiro ofereceu uma carona para casa. Durante o caminho, o carpinteiro não falou nada.
Quando chegaram a sua casa, o carpinteiro convidou o homem para entrar e conhecer a sua família.
Quando os dois homens estavam se encaminhando para a porta da frente, o carpinteiro parou junto a uma pequena árvore e gentilmente tocou as pontas dos galhos com as duas mãos.
Depois de abrir a porta da sua casa, o carpinteiro transformou-se.
Os traços tensos do seu rosto transformaram-se em um grande sorriso, e ele abraçou os seus filhos e beijou a sua esposa.
Um pouco mais tarde, o carpinteiro acompanhou a sua visita até o carro.
Assim que eles passaram pela árvore, o homem perguntou:
- Porque você tocou na planta antes de entrar em casa ???
E o carpinteiro respondeu:
- Ah! esta é a minha Árvore dos Problemas. Eu sei que não posso evitar ter problemas no meu trabalho, mas estes problemas não devem chegar até os meus filhos e minha esposa. Então, toda noite, eu deixo os meus problemas nesta Árvore quando chego em casa, e os pego no dia seguinte. E você quer saber de uma coisa? Toda manhã, quando eu volto para buscar os meus problemas, eles não são nem metade do que eu me lembro de ter deixado na noite anterior.

-

Muitos casamentos vão á falência porque as pessoas não sabem separar problemas profissionais e familia!
Chegam em casa com a cabeça explodindo, com o sangue quente, fervendo! E a primeira atitude é descontar a preocupação na primeira pessoa que passe em sua frente.
Já vi casos de crianças que não querem nem ficar perto do pai, mas elas tem seus motivos: o pai chega do trabalho cansado e extremamente extressado, a criança vai brincar com o pai ou contar como foi seu dia na escola e a primeira coisa que ele faz é gritar, mandar ficar quieto, ou simplesmente deixa a criança falando sozinha!
Também já vi casos de brigas feias acontecerem porque a esposa vai falar algo para o marido e ele já começa a boquejar, gritar, ser grosseiro... Tudo porque está extressado com os problemas da empresa ou de coisas que acontecem no seu local de trabalho que não gostou muito.
É óbvio que isso não acontece apenas com os homens, também existem muitas mulheres extressadas por aí. E também existem aquelas mulheres rixosas que não fazem nada para ajudar o marido ser menos extressado, pelo contrário!

Temos que ser inteligentes! Praticar essa inteligência!
Sabemos que misturar as coisas não é bom e que nunca dá certo...
Extress, falta de paciência, cansaço, raiva! Tudo isso só atrapalha.
(E pra quem não sabe, o diabo também trabalha destruindo lares encima disso)

Oque fazer para mudar a situação?!
Fazer como o carpinteiro!
- Antes de entrar em casa, deixe seus problemas lá fora.
- Tente ser mais gentil com as pessoas que moram com você. Se esforce para ter um sorriso no rosto. Como é feio uma cára fechada, amarrada e emburrada!
- É proibido falar de problemas dentro de casa!
- Converse sobre assuntos agradáveis.
- E o mais importante: dê valor na sua família, nas pessoas que moram com você.
Quantas pessoas não tem alguém para dividir seus momentos. Quantas pessoas queriam uma família. Quantas pessoas queriam ter uma familia como VOCÊ! E você dando mole.
Quando chegar em casa, abrace sua familia, brinque com sua esposa, com seu marido, com seus filhos, isso também é uma maneira de deixar longe aquilo que te preocupa tanto.

Sejam sábios, e jamais misturem as coisas!

Na fé, obr. Tami!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário